Água ou chá para bebês antes dos 6 meses é preciso?

Será que realmente é necessário complementar o aleitamento materno exclusivo com água ou chá? Digo para vocês que, NÃO! Essa complementação é desnecessária, inclusive em dias secos e quentes. Quando o bebê está em aleitamento exclusivo, o leite materno é capaz de oferecer ao pequeno tudo o que ele precisa, inclusive água, para matar a sua sede. Vamos falar mais sobre isso?

Sexto mês de vida do bebê

Recém-nascidos normais nascem suficientemente hidratados para não necessitar de líquidos, além do leite materno, apesar da pouca ingestão de colostro nos dois ou três primeiros dias. Isso quer dizer que, a oferta de água e a introdução de novos alimentos deve ser feita quando o bebê completar 6 meses de idade. Também é legal lembrar que a amamentação depende da quantidade de água ingerida pela mãe, por isso, é legal que você mamãe ingira pelo menos 2 litros diariamente.

Aleitamento materno exclusivo e complementação

A amamentação exclusiva é recomendada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) por oferecer maior proteção contra infecções. Mas, quando o bebê não realiza a amamentação exclusiva por seus motivos singulares e mamam no peito e complementam com fórmulas, por exemplo, pode-se oferecer entre as mamadas uma pequena quantidade de água.

A quantidade de água ofertada está diretamente relacionada com a quantidade de suplemento oferecido, ou seja, em relação ao leite materno quanto mais complemento o bebê ingerir, maior a oferta de água, isso até os seis meses. A partir do sexto mês, quando começa a introdução alimentar, essa necessidade de água aumenta um pouco mais de acordo com cada criança.

Já falamos dos bebês que mamam exclusivamente leite materno até os seis meses, os que mamam no peito e complementam com fórmula, e agora falaremos daqueles que mamam apenas fórmulas. Para esses bebês, a água pode ser oferecida entre cada mamada. Como já dito anteriormente, quanto mais complemento o bebê ingerir, mais será a sua necessidade de ingestão hídrica. Essa quantidade ofertada também está relacionada com o peso do bebê, suas necessidades particulares e por fim, com o clima de cada região.

Como saber se o bebê está devidamente hidratado?

Para saber se o seu bebê está devidamente hidratado, é imprescindível observar o xixi! Isso mesmo, em 24 horas, é preciso que ele molhe no mínimo 6 fraldas de xixi. Este é um parâmetro bem simples e preciso para verificar se o seu pequeno está ou não bem hidratado. Se você perceber que a urina não está clarinha e sim mais amarelada e com um cheiro forte, ofereça mais água se ele está mamando no peito e complementando com fórmula ou mamando apenas fórmula. Se a criança estiver mamando exclusivamente no peito, dê mais peito.

Orientação com o pediatra

Já que a oferta de água também está relacionada ao clima e ao peso do bebê, é legal se orientar com o pediatra qual a quantidade ideal de água para ser oferecida ao seu bebê, já que ele tem um peso “x”. Além disso, regiões que possuem o clima mais quente e seco, permitem que os bebês sintam uma necessidade maior de ingerir água, por isso, as mamães precisam sempre estarem atentas as necessidades do filho.

Leite materno, fórmula, água ou chá

O leite materno se modifica durante uma mesma mamada e ao decorrer do dia, o que o atribui propriedades exclusivas que a fórmula é impossibilitada de proporcionar. Isso explica exatamente porque o bebê até os seis meses de vida que está em aleitamento materno exclusivo, não precisa de complementação precoce (água ou chás).

Quando o bebê completa 6 meses a introdução alimentar se inicia e com ela a oferta de água ou chá, mas se o bebê continua mamando no peito, o leite materno também continuará suprindo boa parte da sua necessidade de água. Leite materno é vida!

água ou chá

Referência Bibliográfica:
  • GARBULHO, Ana Paula. Apostila “Consultoria em Aleitamento Materno”. Ano: 2017, São Paulo. 
  • Dra. Kelly Marques Oliveira. “Quando dar água para o bebê?”. Ano: 2015. Blog: Pediatria Descomplicada. 

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *