A cesariana impede o sucesso da descida do leite?

A cesariana é denominada um processo cirúrgico e por esse motivo precisa imprescindivelmente de vários cuidados que não é necessário quando se opta pelo parto vaginal. Não existe incertezas de que a mulher que passa por uma cesariana tem capacidade tanto quanto a mãe que escolheu o parto vaginal, de amamentar a sua cria. É importante ressaltar, que até mesmo mães adotivas conseguem praticar o aleitamento materno. A amamentação se dá pelo estímulo nervoso que envia mensagens para o cérebro. O ponto principal é simplesmente ter paciência, assim tudo irá fluir perfeitamente. Porém, devemos lembrar que algumas características específicas deste procedimento cirúrgico podem propiciar uma demora maior para que o leite desça, o que muitas vezes provoca uma angústia muito grande na mamãe. E é por esse motivo que muitas mães se desesperam e acabam oferecendo o leite em pó, se realmente ter precisão de inseri-lo na alimentação do bebê.

Diferença da cesariana com o parto normal

É frequente na cesariana logo após o nascimento do bebê levarem o bebê para longe da mãe, sem os deixarem próximos, aconchegados por algum tempo. Além disso, já está certificado diante estudos científicos comprovados que quando o bebê amamenta na sua primeira hora de vida apressa a descida do leite. É notório que após o nascimento do bebê, nos primeiros instantes, ele fica muito agitado e logo após esse período permanece por algum tempo desconexo. Dar o peito antes que ele entre neste período de “desligamento” é o melhor para todos, tanto para a mãe quanto para o bebê. Além, de ser também a melhor tomada de decisão para o aceleramento da descida do colostro, que é a primeira substância que sai do peito da mãe anteriormente ao leite materno durante os primeiros dias.

No parto normal, normalmente você inicia o aleitamento mais rápido, a cesárea por ser um ato cirúrgico, por requerer anestesia e ter após aquele momento uma mãe com dor, prescreve-se que o bebê fique mais tempo no berçário e com isso ele demora mais para iniciar o aleitamento, a diferença maior é essa. Quando após uma cesárea tanto o pediatra quanto o obstetra liberam o bebê de imediato, logo após a avaliação e certificação de que está tudo bem com ele e esse bebezinho já vai para o quarto mamar na mamãe, percebe-se que o processo de descida do leite é igual ao do parto vaginal. Então, talvez não tenha nenhuma diferença no sentido biológico, o que irá interferir neste processo será mais a conduta, pois, a cesárea separa um pouco mais tempo a mamãe do bebê, e só isso.

Cesriana

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *