O que não ingerir na amamentação para não dar cólica no bebê?

Essa é uma dúvida muito comum. Muitas mães restringem demais sua própria alimentação, com medo de que surja cólica no bebê ou outro tipo de problema. Mas não deve ser assim.

Alimentos que causam cólica no bebê

Imagine que você está produzindo o alimento mais perfeito para o seu filho e que é, portanto, riquíssimo em proteínas, ferro, cálcio, açúcares, gorduras e tantos outros nutrientes essenciais. E água. Sim, o leite materno  tem uma quantidade de água suficiente para o bebê estar sempre bem hidratado. Por tudo isso, as mães devem ter uma alimentação saudável, com variedade nutricional e muita água. Via de regra, não coma o que não fizer bem para você. Alimentos como feijão e chocolate, por exemplo, podem ser testados individualmente. Se perceber que eles incentivam a cólica no bebê, é recomendável evitá-los no período da amamentação.

Você adora chocolate? Então coma um pouquinho e vê como o seu filho reage. E, assim, vá conhecendo o que você deve ou não comer. Alguns bebês podem, sim, ter mais cólica se sua mãe tomar leite. Mas não é uma regra. Por isso, fique atenta aos sinais que seu filho der. Ele vai avisar você, não se preocupe.

E as bebidas alcoólicas? Mães amamentando podem beber? 

Recomenda-se que as mães evitem beber durante o período da amamentação. Isso porque o álcool pode passar para o leite, deixando o bebê mais sonolento e mamando menos. Porém isso depende da quantidade de álcool ingerida e da capacidade de metabolização de cada mãe.

Bebidas destiladas, como uísque, cachaça ou vodca, por exemplo, tem alto teor alcoólico e devem mesmo ser evitadas. Esqueça, portanto, as caipirinhas enquanto estiver amamentando. No entanto, bebidas como cerveja ou vinho podem ser consumidas em pequenas quantidades como, por exemplo, uma taça de vinho ou uma latinha de cerveja. O horário ideal é imediatamente após a mamada, de preferência, quando o bebê for prolongar um pouco o sono da noite. Mas, beba com moderação sempre!

Cólica no bebê

2 Comments on O que não ingerir na amamentação para não dar cólica no bebê?

  1. Thais
    janeiro 3, 2017 at 3:05 am (5 meses ago)

    Boa Noite Lorena,
    Gostaria de saber se meu seio que é pequeno influencia na produção/quantidade do leite materno. Minha primeira filha tive de parar de amamentar com 4 meses e agora estou apra para ganhar minha caçula, não quero passar o mesmo, pois creio também que só o fator do seio pequeno não seja ta o grave e sim o estresse e cansaço físico e emocional que tive, levou a nao produção do leite. Pode me ajudar e dar umas dicas para que dessa vez mesmo com problemas consiga estender por maid tempo a amamentação? Me senti e ainda sinto me muito culpada. Obrigada pela atenção. Beijos fique com DEUS.

  2. lorena
    janeiro 8, 2017 at 6:09 pm (5 meses ago)

    Thais, minha querida!

    O tamanho do seio não influencia de forma alguma na produção de leite. E sim, o desgaste emocional, o estresse, podem diminuir a produção de leite, mas se você continuar firme amamentando seu filho, o estresse não chegará a bloquear a produção de leite materno. Então a melhor dica é: quanto mais o bebê mamar, mais leite será produzido. Isso quer dizer que a livre demanda deve existir, ou seja, dar o peito sempre que o bebê quiser, no momento em que ele quiser. O contato pele a pele entre você e o seu bebê também estimulam a produção. Procure sempre descansar e não se desgastar. Quando o bebê dormir, aproveite para dormir também. Se você perceber que a produção de leite está começando a cair, faça ingestão de muito líquido, alimente-se bem (comidas saudáveis), fique de repouso, e amamente em livre demanda! Tá bom? 🙂

    Qualquer dúvida, estou a disposição!

    Também estou na fanpage: https://www.facebook.com/blogdalo/

    Grande beijo,

    Lorena

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *