Consultoria em aleitamento materno

Consultoria em aleitamento materno

Olá meninas! 

Fiz este espaço para que todas vocês se sintam a vontade para deixarem suas dúvidas em relação ao aleitamento materno para que eu possa respondê-las e ajudá-las durante toda a amamentação com o seu pequeno. Todas nós sabemos que muitas vezes a amamentação impõe algumas dificuldades no meio do caminho, e para que este processo continue sendo algo prazeroso para mãe e bebê, eu estou aqui para auxiliá-las em todas as dúvidas. Sou enfermeira, graduada pela Universidade Federal de Uberlândia. Aqui no blog, você irá encontrar artigos enriquecedores a cerca do aleitamento materno. Espero que gostem!

E nunca se esqueçam: Juntas somos mais fortes! 

Deixem todas as dúvidas nos COMENTÁRIOS, que eu irei respondê-las!

Consultoria em aleitamento materno

16 Comments on Consultoria em aleitamento materno

  1. Jessica
    maio 28, 2016 at 12:06 am (1 ano ago)

    Oi boa noite, minha filha mama no peito ela tem 1 mes e 23 dias e meu seio ainda doi sera que é porque ela esta com a pega errada, por que quando ela mama eu sinto uma dor muito fraca.Isso significa que esta com a pega errada?

  2. Talita
    maio 28, 2016 at 8:02 pm (1 ano ago)

    Lorena, boa tarde.
    Sou Talita e tenho um baby de 12 semanas. Ela fica escorregando no peito na hora de mamar. Fica agoniada. Mas pega. O que posso fazer para melhorar

  3. Tamires
    maio 28, 2016 at 9:04 pm (1 ano ago)

    Olá, tenho um bebe de dois meses e desde o terceiro dia ele toma LA, depois de um mês decidi não dar mais o peito pois tava acabando com meu psicológico não conseguir amamentar meu filho… E então, meu leite que era pouco acabou secando.
    Me arrependo todos os dias por ter feito isso… Sera possível eu voltar a amamentar, nem que seja complementando…

  4. lorena
    maio 29, 2016 at 5:12 pm (1 ano ago)

    Boa tarde Tamires!

    Primeiramente minha querida, não se se sinta culpada! Isso não faz bem para você e nem para o seu bebê. E agora, vou lhe falar um pouquinho sobre a “relactação”. Relactar, é um termo usado para a mulher que quer voltar a produzir leite através de um processo que exige muita motivação, esforço e paciência por parte da mãe, do bebê e dos familiares, os quais oferecem suporte físico e emocional para superar as possíveis dificuldades.

    A técnica é muito simples e pode ser conduzida por um profissional de saúde com conhecimentos em aleitamento materno: Existe um dispositivo especial para a relactação. Uma das extremidades é afixada junto ao mamilo e a outra é mergulhada em um recipiente com leite materno, que pode ser conseguido no banco de leite. Ao sugar, o bebê recebe o alimento através da sonda, ao mesmo tempo que estimula a produção dos hormônios hipofisários, prolactina (responsável pela produção do leite) e ocitocina (responsável pela ejeção do leite). A quantidade de leite que a mamãe produz é avaliada, e aos poucos o volume que passa pela sonda diminui, até que esta seja retirada por completo. Geralmente, o retorno do leite materno acontece entre 15 a 45 dias, mas é preciso amamentar no mínimo 10 vezes em 24 horas.

    A estimulação das mamas e dos mamilos também deve acontecer.Se o bebê demorar a aceitar o seio da mãe, é necessário que realize a estimulação manual até que o bebê estabeleça sucção efetiva. Siga as seguintes orientações:

    Fique em posição confortável, sentada ou em pé, e utilize a mão direita para extrair o leite da mama esquerda e utilize a mão esquerda para extrair leite da mama direita. Pressione a mama com o polegar e o indicador para baixo, e na sequência, pressione repetidas vezes e por 20 minutos, atrás do mamilo, local onde o leite fica armazenado.

    Infelizmente algumas mães não conseguem voltar a produzir leite apenas realizando adequadamente as estimulações das mamas, embora este seja o fator principal para o sucesso. Algumas medicações também podem ser prescritas pelo seu médico para facilitar a relactação. E eu te desejo toda a sorte do mundo para que isso aconteça!

    Qualquer coisa estou por aqui!

    Grande beijo, Lorena.

  5. lorena
    maio 29, 2016 at 5:18 pm (1 ano ago)

    Boa tarde Talita!

    Tente mudar a posição que amamenta a sua pequena, talvez ela dará certo em amamentar de uma forma menos comum.

    Existem aproximadamente cinco posições:

    Você pode…

    – Deitar e colocar o bebê em posição paralela a seu corpo, elevando ligeiramente a cabecinha dele, para ajudar o leite a descer e não ir para a região do ouvido dele;

    – Segurar o bebê no colo em posição transversal, “barriga com barriga”, utilizando o braço contrário ao seio em que ele está mamando;

    – Segurar o bebê no colo em posição transversal, utilizando o braço do mesmo lado do seio em que ele mama;

    – Segurar o bebê passando-o embaixo do seu braço, do mesmo lado do seio em que ele está mamando, sentando de pernas cruzadas na beira da cama ou usando duas cadeiras ou o sofá;

    – Colocar o bebê “de cavalinho” em uma das suas coxas, deixando-o de frente para o seio;

    Também, antes de iniciar a amamentação, molhe o mamilo com um pouco de leite materno, isso irá estimular a vontade dela em amamentar.

    Qualquer dúvida, estarei por aqui!

    Grande beijo, Lorena.

  6. lorena
    maio 29, 2016 at 5:22 pm (1 ano ago)

    Boa tarde Jéssica!

    Minha querida, amamentar não dói. Este deve ser um momento prazeroso tanto para você quanto para a sua bebê. Então se está doendo, provavelmente a pega está errada. Essa é uma das causas mais comuns de dor durante a amamentação. Para corrigir essa pega, te indico ler o artigo: http://blogdalo.com.br/pega-correta/ e ao final deste artigo, têm um vídeo que irá ilustrar passo a passo como você deve fazer para que tudo corra bem nas próximas mamadas. Tá bom?

    Qualquer dúvida estou por aqui!

    Grande beijo,

    Lorena

  7. JULIANA
    maio 31, 2016 at 1:22 pm (1 ano ago)

    Lorena, bom dia. Meu bebê tem 5 semana e ele mama estalando, eu já tentei mudar de posição de tudo quanto é jeito. Eu ajusto o bico do seio para ele pegar, ele faz a boca de peixinho. Se o peito está mais vazio ele até conseguie mamar com menos barulho, mas quando a mama está normal sempre faz barulho. Tem alguma dica?? Obrigada beijos

  8. lorena
    maio 31, 2016 at 8:05 pm (1 ano ago)

    Juliana, boa tarde!

    Geralmente, quando o bebê faz barulho tipo “estalinhos” ao amamentar é algo errado na pega, o permitindo engolir muito ar. O que pode estar acontecendo também é que seu bebê já está dominando bastante o ato de sucção, pode estar sugando com mais força e empolgação, gerando assim os barulhinhos. Porém, aconselho que avalie a pega do seu pequeno, pois, se ao mamar ele está engolindo ar, consequentemente a sua barriguinha também está ficando cheia de ar e provocando uma “falsa saciedade”. Te indico ler o artigo e assistir ao vídeo sobre o tema: a pega correta, do blog http://blogdalo.com.br/pega-correta/ e se certificar se realmente ele está fazendo a pega adequada!

    Qualquer dúvida estou por aqui! <3

    Grande beijo, Lorena.

  9. isabel
    junho 24, 2016 at 8:03 pm (1 ano ago)

    Olá, estou gravida de 8 meses e tenho medo que meus peitos rachem, ou eu tenha dificuldades para amamentar meu bebe, o que posso fazer desde ja para evitar esses problemas?

  10. Gisele Oliveira Meinel
    junho 29, 2016 at 2:50 am (12 meses ago)

    Boa noite Lorena, meu pequeno já vai fazer quatro meses e já está próximo de eu ter que retornar ao trabalho. Estou preocupada pois ele só mama no peito e mama muito.
    Por favor me ajude, como faço pra estocar o leite?

  11. lorena
    junho 30, 2016 at 9:23 pm (12 meses ago)

    Boa noite Isabel!

    Primeiramente, muito obrigada por a sua dúvida aqui no blog! <3

    Bom, para que os seus seios não rachem é necessário que o bebê faça a pega correta. Se tiver dúvida em relação a como fazer esta pega, leia este artigo: http://blogdalo.com.br/pega-correta/. Além da pega correta, que este é após o nascimento do bebê, durante a gravidez você pode:

    – Expor diariamente os mamilos ao sol por pelo menos 20 minutos. O calor da luz torna os mamilos mais resistentes e previne as rachaduras! (evite o horário entre as 11h e as 16h).
    – Durante a amamentação, você pode utilizar pomadas a base de lanolina (eu indico a marca Lansinoh);
    – Não deixe o bebê “chupetar” o mamilo. Se você notar que ele não está abocanhando o mamilo juntamente com a aréola, verifique a pega correta, pois se ele abocanhar apenas o mamilo, ele não estimulará a produção de leite e o escoamento, levando ao desenvolvimento das rachaduras;
    – Higienize o mamilo com o seu próprio leite antes e após cada mamada. Não utilize sabonetes nos mamilos, já que os seios já tem uma hidratação natural que precisa ser preservada. O mesmo vale para a água quente, que costuma tirar a oleosidade original da pele. A bucha vegetal pode promover a esfoliação dos mamilos antes mesmo do final da gravidez, aumentando a chance de traumas mamilares e complicações mais graves, como a inflamação na região.
    – Deve-se utilizar sutiãs produzidos com algodão, sem aro metálico ou bojo e com alças largas.

    Também te indico a ler o artigo: http://blogdalo.com.br/como-preparar-o-bico-do-seio/ que irá te auxiliar a maneira correta de preparar o bico do seio antes de o bebê mamar.

    Espero ter te ajudado! E se tiver mais dúvidas, ficarei muito feliz em respondê-las!

    Grande beijo,

    Lorena

  12. lorena
    junho 30, 2016 at 9:39 pm (12 meses ago)

    Boa noite Gi!

    Claro, é uma honra para mim poder te ajudar neste processo! A volta ao trabalho é sempre uma preocupação para as mamães que amamentam. Então vamos lá!

    Primeiramente, te indico ler este artigo: http://blogdalo.com.br/volta-ao-trabalho-x-amamentacao/ que fala exatamente da volta ao trabalho e ensina todos os processos necessários para o armazenamento.

    Comece a realizar a estocagem de leite 15 dias antes de voltar ao trabalho. Não se esqueça de preservar o leite em potes de vidro com tampas de plástico e esterilizados da forma correta. Na geladeira, pode ser guardado por, no máximo, 24 horas e no freezer, por 15 dias. Identifique cada frasco de leite com a data que retirou o leite para prevalecer o uso das estocagens que estão armazenadas por mais tempo.

    Segue as orientações de como realizar a estocagem passo a passo:

    1 – Prenda os cabelos e use uma touca;
    2 – Lave as mãos;
    3 – Escolha um lugar limpo e tranquilo;
    4 – Esterilize a vasilha (de preferência em frascos de vidro com tampas de plástico) fervendo-as por 15 minutos;
    5 – Massageie o peito com a ponta dos dois dedos, iniciando na região mais próxima da aréola indo até a mais distante do peito, apoiando-o com a outra mão;
    6 – Massageie por mais tempo nas áreas mais doloridas;
    7 – Apoie as pontas dos dedos (polegar e indicador) acima e abaixo da aréola, comprimindo o peito contra o tórax;
    8 – Comprima o peito em movimentos rítmicos, como se tentasse aproximar as pontas dos dedos, sem deslizar na pele;
    9 – Despreze os primeiros jatos e guarde o restante nos recipientes;
    10 – Se não há como guardá-los em refrigerador, o leite pode ser coletado em vasilha esterilizada e armazenada em local fresco. Para evitar diarreia, o leite deve ser usado em até 2 horas;
    11 – Em geladeira, o leite pode ser guardado com segurança por até 24 horas e congelado por até 15 dias. Antes de alimentar o bebê com o leite guardado, aqueça-o em banho maria (NUNCA utilize o microondas);
    12 – Ofereça o leite para o bebê em colher ou copinho e lembre sempre de jogar fora o que sobrar.

    Qualquer dúvida, estou por aqui viu?

    Grande beijo,

    Lorena

  13. Jeni
    julho 19, 2016 at 5:09 am (11 meses ago)

    Olá Lorena minha bebê tem um ano e nove meses mama em apenas um lado .e o outro por empedrar não produz mas leite. Mas pk esse qe ela mama ainda fica cheio e dolorido

  14. lorena
    julho 20, 2016 at 2:54 pm (11 meses ago)

    Bom dia Jeni!

    O seio que a sua pequena mama é o que está sendo estimulado a produção, ou seja, quanto mais ela mamar e esvaziar o seu seio, mais leite irá produzir e a sua mama permanecerá cheia. O fato do seu seio permanecer sempre cheio é o que pode estar ocasionando a dor, pois quando estão com abundância de leite, ficam mais pesados e doloridos. Então, você pode seguir as seguintes dicas:

    – Tire um pouco do leite antes de cada mamada para que a área em torno do mamilo fique mais macia, o que facilita a pega do bebê e reduz o risco de seus mamilos ficarem machucados. Um bom jeito de fazer isso, com as mãos, é embaixo da água morna do chuveiro, só a quentura da água talvez já faça o seio vazar sozinho, deixando a mama mais macia.

    – Massageie o seio ao mesmo tempo em que o bebê mama. Com isso, o fluxo do leite é estimulado, aliviando um pouco a dor e o desconforto. Capriche na massagem nas bolinhas mais “duras” do seio, onde há mais leite acumulado.

    Ordenhar e retirar uma mínima quantidade de leite antes de oferecer o peito é uma das formas mais eficazes de continuar oferecendo o que o seu bebê precisa, de maneira que ele consiga fazer a pega correta com maior facilidade, pois a mama não estará esticada de tanto leite, e você passa a não sentir dor durante as mamadas.

    Espero ter ajudado!

    Grande beijo,

    Lorena

  15. Laiane
    setembro 12, 2016 at 4:40 pm (10 meses ago)

    Oi Lorena,Boa tarde!
    Dia 15 meu bebê faz 1 mês e já na maternidade tive que complementar com Aptamil pois meu leite era pouco 3 x dia,em casa diminui estou dando só uma Chiquinha de 30 ml a noite pra dormir e tem dia que meu leite está mais pouco eu dou mais uma de dia mais e em último caso.
    Mais noto que meu leite e muito pouco meu peito está sempre mucho e ele mama parece estar cheio mais rapidamente quer denovo ou está fazendo mue peito de bico?
    Tem alguma coisa que faça aumentar esse leite, pois quero muito amamentar ele nasceu pequeno 2600kg de 38 semanas parto cesárea pois dei pré-eclipse??
    Meu outro filho não amamentei pois tbm dei pré-eclapse, mais foi mais grave fiquei internada 15 dias tomando remédio injetável e repouso absoluto, os remédios cortaram meu leite.
    Me ajude quero me amamentar.
    Beijos Laiane.

  16. lorena
    setembro 14, 2016 at 12:07 pm (10 meses ago)

    Laiane, bom dia minha querida!

    O importante agora é acompanhar o crescimento e desenvolvimento do seu bebê! Ele está ganhando peso?

    – O que induz o aumento da produção de leite é a própria sucção do bebê, ou seja, quanto mais você colocar
    o seu pequeno para mamar, mais leite irá produzir. Ou seja, amamente com frequência, em livre demanda,
    ou seja, (ofereça o peito sempre que o seu bebê quiser).

    – Realize a ordenha do seu leite: quanto mais você extrair leite do seu seio, mais leite você irá produzir.
    Então faça a ordenha manual, e complemente as mamadas com o seu próprio leite materno. Depois que ele mamar,
    se passado alguns minutos ele quiser mamar novamente, ofereça o seu próprio leite ordenhado no copinho e nunca
    na mamadeira, pois ele pode fazer a confusão de bicos e se acostumar somente com a mamadeira e não querer mais o peito.

    Texto para ler como fazer a ordenha: http://blogdalo.com.br/como-realizar-a-ordenha/

    – Pega correta: Se a posição e a pega estiverem incorretas, e não ocorre encaixe correto entre a mama e a boca do bebê,
    não ocorrerá transferência do leite de forma eficiente. Lembre-se, isso é essencial! Não importa o quanto uma pega pareça correta, sempre podemos melhorá-la!

    Texto para ler sobre a pega correta: http://blogdalo.com.br/pega-correta/

    – Beba água: Lembre-se que o leite só poderá ser produzido se você ingerir muito líquido. O mínimo aqui são 2 litros de água, a recomendação é que seja em torno de 4 litros ok?

    – Dê ambos os lados em cada mamada: Ofereça sempre os dois lados, mesmo que o bebê pareça satisfeito após mamar um lado, e ficar sonolento. O fluxo de leite aumentado do outro lado pode acordá-lo e ele poderá mamar mais.

    – Dê ao bebê apenas leite materno: Evite todos os sólidos, água, chás e qualquer tipo de fórmula se o bebê tem menos de seis meses. Como você já está usando fórmula, reduza a quantidade gradualmente e suspenda o mais rápido possível. Procure alternativas que não seja a suplementação por mamadeira. Ou seja, ordenhe o seu leite e ofereça o seu próprio leite como complemento no copinho.

    Qualquer dúvida estou por aqui!

    Grande beijo,

    Lorena

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *