Leite materno após os seis meses do bebê vira água?

Com certeza muitas de vocês mamães já ouviram a seguinte frase: “O leite materno após os seis meses do bebê vira água, perde a validade, não tem mais valor nutricional algum!”. Quanto equívoco! Infelizmente muitas mães ainda escutam pitacos, informações desnecessárias e não confiáveis sobre o aleitamento materno, o que muitas vezes as faz desacreditar do poder que o leite materno tem. Mas, com apoio e muita informação de qualidade tudo se resolve.

Leite materno após os seis meses: introdução alimentar

A partir do sexto mês de vida do bebê se incia a introdução alimentar, mas isso não quer dizer que a partir desse instante o pequeno precisa ser desmamado. A informação que muitas mães tem, é que a partir deste período, não existe nenhum benefício para o bebê continuar se alimentando de leite materno, pois os nutrientes necessários ao seu bom desenvolvimento e crescimento serão supridos apenas com a alimentação introduzida nessa idade. Nada haver! O leite materno não perde o seu valor nutricional, e muito pelo contrário, continua sim atuando na promoção do bom desenvolvimento da criança.

Tem que desmamar agora! 

O desmame não tem que acontecer a partir do sexto mês, aliás, este é um processo lento que irá depender apenas do bebê. A recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é que o aleitamento materno seja exclusivo até os seis meses de vida, e continuado até pelo menos os dois anos de vida da criança. Ou seja, o leite materno proporciona muitos benefícios a criança, para que ela continue crescendo e se desenvolvendo saudavelmente.

O seu bebê pode e deve continuar amamentando até quando vocês quiserem, essa é uma questão que parte apenas da vontade de ambos. Independente do que as pessoas argumentam, das opiniões inválidas alheias, siga o seu instinto e o seu coração, e deixe que digam, que pensem, que falem, o importante é a felicidade e o reforço do vínculo afetivo entre vocês.

Quem diz isso, não sabe o que fala!

Infelizmente, as pessoas que afirmam que o leite materno após os seis meses de vida do bebê perde o seu valor nutricional, não procuram se informar, a buscar conteúdo de qualidade para ter respostas convictas e baseadas em fatos científicos sobre a amamentação. Não deixe se levar por essas afirmações, é o cúmulo da ignorância emponderar isso. O leite materno nesse período continua mantendo um grau de imunidade para a criança, balanceando gorduras, modulando um colesterol ou diabetes no futuro, prevenindo infecções respiratórias e alergias, o que contradita a menção de que após o sexto mês ele perde a validade.

Pirâmide de alimentação do bebê

Até o sexto mês, o bebê não precisa de nenhum complemento para sua saciedade e nutrição, apenas o leite materno é essencial. Após esse tempo, o bebê necessita de outros alimentos além do leite materno. Quando o bebê começa com a introdução alimentar, o leite materno vai ganhando o seu espaço na pirâmide de alimentação do bebê, sobressaindo-se a qualquer outro tipo de leite. Ao mesmo tempo que ele vai cedendo o seu lugar para outros tipos de consumo, como frutas, verduras, legumes e proteínas animais, continua exercendo um papel fundamental na vida da criança.

leite materno após os seis meses

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡ ℓεiค τคмвεм ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

2 Comments on Leite materno após os seis meses do bebê vira água?

  1. Lorena
    setembro 12, 2016 at 7:49 pm (9 meses ago)

    E bom saber isso eu fique traumática por q a pediatra falou q meu bebê não sacia com mi leite fique triste demais então di fórmula mais também tomá meu leite

  2. lorena
    setembro 14, 2016 at 11:53 am (9 meses ago)

    Lorena,

    O seu bebê sacia sim com seu leite, na verdade, esse é o melhor alimento que você tem
    para oferecer a ele. Não só sacia, como imuniza e promove o crescimento e desenvolvimento
    saudável do seu bebê. Infelizmente, nem todos os profissionais de saúde aderem com amor o
    aleitamento materno, mas estou aqui para ajudar no que for preciso!

    Grande beijo,

    Lorena

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *