Pai não produz leite, pai produz amor!

Pais também são peças chave no processo de amamentação. Mas, como assim? Por que Lorena você tanto quer inserir os pais no aleitamento materno, sem que eles possam produzir leite? Pai pode não produzir leite, mas pai produz amor, e é através desse amor que a maternidade se tornará mais suave e aconchegante. Nada é fácil, e quando uma mãe vive as novas experiências do cotidiano sozinha, além de se tornar sobrecarregada, se sente incapaz de cuidar do filho. Calma mamãe, o papai vai te ajudar!

Pai produz amor!

Pais precisam tomar conhecimento do quanto são importantes na vivência da maternidade, e principalmente na amamentação. O foco é, e sempre será a divisão de tarefas. Quando nasce um bebê, também nasce grandes responsabilidades, novas experiências, momentos de alegria mas, também, de tensão e por isso é tão importante o compartilhamento de tudo o que precisa ser realizado, desde os primeiros cuidados até o carinho acolhedor no colinho. Sim, os pais devem viver esses instantes, eles são únicos e preciosos, jamais voltarão!

Mãe sobrecarregada

Quando uma criança nasce, principalmente quando esta é o primeiro filho, inúmeras dúvidas e inseguranças surgem, e muitas vezes a mamãe se sente na obrigação de resolver tudo sozinha, entretanto, tem receio de não dar conta. E é nesse momento que o pai tem a obrigação de segurar em sua mão e dizer “eu estou com você!”. Quando a mulher sente que alguém está ao seu lado para apoiar e segurar qualquer “barra”, ela se transborda de felicidade e com isso, a ocitocina libera o leite, os afazeres domésticos não se tornam cansativos (pois, a divisão de tarefas acontece), a segurança em si aumenta, e o dia a dia com o bebê vai se transformando em dias melhores e menos exaustivos.

Se a ocitocina não for produzida, o leite não desce!

Pai, você com a sua companheira criaram juntos um ser precioso, e agora também juntos, precisam alimentá-lo com o leitinho da mamãe. Porém, se a mamãe não estiver bem, descansada e feliz, esse leitinho não vai descer, o bebê não irá se nutrir, e ambos ficarão tristes e sem ânimo para superar os “próximos capítulos”. Se a mãe está bem, o bebê também está bem, porque esse pequeno é totalmente dependente, e esse momento o torna ainda mais “agarrado com os pais”. Pai produz amor e amamenta com carinho, dedicação, divisão de tarefas e acolhimento. Ele não precisa fazer, ele DEVE fazer, afinal, pai que é pai CUIDA, SE ENTREGA à família, SE DOA, e JAMAIS abandona nas dificuldades.

A ocitocina precisa agir! 

Os principais hormônios da amamentação são a prolactina, que é responsável pela produção de leite, e a ocitocina, que tem como principal objetivo liberar esse leitinho para o bebê. Contudo, a ocitocina apenas atuará de maneira eficaz se essa mãe estiver feliz, sendo cuidada e amada. Se ela estiver se sentindo cansada, estressada, sem ânimo e infeliz, a ocitocina não agirá e o leite não será liberado, ou seja, o leite não irá descer. Então papai, seja parceiro, companheiro e amigo leal. A sua mulher precisa MUITO do seu carinho e dedicação para prosseguir, seja verdadeiramente um PAI. E não se esqueça: PAI produz AMOR!

pai produz

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡ ℓεiค τคмвεм ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *