Parto natural e a primeira mamada

O parto natural é o parto realizado sem intervenções durante todo o período do trabalho de parto, parto e pós parto, você será o centro das atenções, onde todos os cuidados estarão direcionados à você. O parto natural também é conhecido como “parto humanizado”, pela naturalidade, o respeito e a delicadeza com que a mulher e o bebê são acolhidos neste instante.

Sem intervenções: naturalidade sempre!

A saída do bebê ocorre sem qualquer intervenção cirúrgica. Tudo acontece de uma forma muito natural, e com o mínimo de procedimentos possíveis. Dessa forma, pode-se evitar o aumento do desconforto e da dor, além do risco de infecções para a mãe e a criança. Se existir uma real indicação para realizar qualquer tipo de intervenção, aí sim poderá ser efetivado algum procedimento.

Parto normal x Parto natural: existe diferença? 

Durante o parto normal são realizados alguns procedimentos que podem provocar dor (corte na vagina) e o aumento do risco de muitas complicações direcionadas tanto à mãe quanto ao bebê. O parto natural se diferencia pelo direcionamento das condutas estarem excepcionalmente voltadas as necessidades da mulher. Uma intervenção apenas será realizada quando realmente houver um motivo real, caso contrário, procedimentos de rotina como no parto normal (a colocação de soro na veia, por exemplo) não serão feitos.

Profissionais de saúde escolhidos para o parto natural

As características principais do parto natural são: a serenidade, o respeito, e a paciência. As ações dos profissionais que foram escolhidos para estarem presentes nesse instante, são primordiais. As necessidades e expectativas de cada mulher devem ser respeitadas. O carinho personalizado para cada mamãe deve ser especial, além de necessário. Esse momento é único e ficará marcado para sempre!

Benefícios do parto natural para a mãe:

  • Alívio da dor durante o trabalho de parto;
  • Liberdade para se posicionar ou caminhar;
  • Alimentação sem restrições;
  • Ficam restritos os riscos de infecção interligados a cirurgia;
  • Melhor recuperação pós-parto;
  • Ambiente acolhedor.

Benefícios do parto natural para o recém-nascido:

  • Menor risco de doenças respiratórias e de broncoaspiração;
  • Início imediato e prologamento da amamentação;
  • Melhores índices do teste de APGAR;
  • Redução dos procedimentos feitos junto ao bebê (como aspiração com sonda, da boca, nariz e traqueia).

 Amamentação na primeira hora de vida

O início precoce da amamentação é imprescindível para fortalecer o vínculo afetivo entre mãe e bebê. Além disso, antecipa a aquisição de anticorpos, alimentação, hidratação e menor risco de hipoglicemia (baixo açúcar no sangue), diarreias e desidratação no bebê. Em relação a mamãe, é importante porque auxilia nas contrações uterinas, diminuindo o risco de hemorragia. Quando o parto é natural, a ejeção do leite é mais rápida. Isso acontece porque não é feita anestesia e não existe pós-cirúrgico. De acordo com a portaria nº 371, de 07 de Junho de 2014, recomenda-se estimular o aleitamento materno na primeira hora de vida, exceto em casos de mães HIV ou HTLV positivas, ou seja, esse é um direito seu.

parto natural

Créditos da foto: @doula_en_la_isla

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *