Nenhum bebê faz o “peito de chupeta!”

Tenho certeza que você já ouviu essa frase: “o seu bebê está mamando ou chupetando o seio?”. Nós, mulheres, mães, sabemos que o peito não serve apenas para alimentar o bebê, mas também para aconchegá-lo, promover amor, carinho, segurança e proteção. Entretanto, a grande maioria das pessoas não interligam o fortalecimento do vínculo afetivo entre mãe e filho através do peito, e acreditam que o que irá acalma-lo, tranquiliza-lo, e faze-lo adormecer com segurança e acolhimento é a chupeta. Será que realmente o bebê faz o peito de chupeta?

Sucção do bebê

O ato de sugar permite que o bebê sinta-se tranquilo e usufrua de boas sensações para alcançar a tranquilidade plena, o relaxamento. Se o pequeno está relaxado, consequentemente conseguirá adormecer e entrar em sono profundo. Nesse momento, a chupeta faz o papel de saciar não as necessidades nutricionais da criança, mas as necessidades de sucção da criança para que assim ela consiga adormecer. Além disso, a chupeta tem a função de tranquilizar o bebê em outras situações como: quando ele estiver irritado, nervoso, assustado ou tenha se machucado, por exemplo.

Chupeta x Seio Materno: suprindo necessidades emocionais 

A partir destas definições podemos afirmar que dar a chupeta para o bebê quando o mesmo está irritado, nervoso ou tenha se machucado, é visto como algo rotineiro, corriqueiro, comum, o inverso de dar o peito. Nenhuma pessoa critica um bebê que faz o uso da chupeta para dormir, ou afirma que ele não pode fazer o uso da chupeta para adormecer mesmo que já esteja habituado com isso. Muito pelo contrário, geralmente a justificativa é ” a chupeta é só para dormir!”.

E se eu disser que o peito da mãe além de nutrir o bebê e oferecer o melhor alimento que ele pode receber após o seu nascimento, também tem a função de acalma-lo, acolhe-lo, e adormece-lo? Está equivocado? Então, se um bebê precisa do seio materno para conseguir adormecer, relaxar e entrar em sono profundo, a mãe está o acostumando mal? Não é certo? Alguma coisa não está encaixando? É preciso deixá-lo chorando para pegar no sono e não fazer do peito um hábito para dormir? Não! Com toda a certeza não!

Peito de chupeta?

Infelizmente, muitas pessoas têm a ideia fixa de que o peito serve apenas para alimentar a criança, como se ele tivesse uma função limitada, e que jamais poderá ser usado para ninar e acolher um filho no momento do sono. Total inversão de conceitos! O bebê NÃO faz o peito de chupeta, a chupeta que faz o papel do seio materno.

O seio materno vai além da nutrição, da transferência de vitaminas e anticorpos. O peito da mãe transcende esse papel. Mamar no peito, ou ficar no peito, transmite ao bebê segurança, tranquilidade, relaxamento, calmaria, acolhimento e aconchego. Por isso, nenhum bebê faz o peito de chupeta, ao contrário, a chupeta foi introduzida para fazer parcialmente o papel do seio, ou seja, auxiliar no processo de adormecer.

Peito é acalento! 

É fundamental que as pessoas se conscientizem da importância de dar o peito para suprir as necessidades emocionais da criança. Se o bebê consegue adormecer apenas no seio materno, é por que ali ele se sente seguro o suficiente para encontrar o relaxamento que precisa para dormir, o vendo como o seu porto-seguro, o seu ninho de conforto.

Amamentar vai além de saciar a fome da criança, por isso, é preciso aceitar que o peito deve ser sempre oferecido quando o bebê necessitar não apenas de alimento, mas de amor, carinho, acolhimento e vontade de adormecer.

peito de chupeta

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *