Peito não é estoque: seio murcho supre as necessidades nutricionais do bebê

Você idealizava que, para uma mãe conseguir amamentar inteiramente, ela precisaria estar sempre com os seios bem cheios de leite? Então, esse é mais um dos mitos em relação a amamentação, que desencadeia muita incerteza nas mamães que estão amamentando, e a partir de então, até se sentem desmotivadas e propensas a desistirem totalmente do aleitamento materno, e esquecem que peito não é estoque, é fábrica. Mas, por que isso acontece?

Quando o bebê nasce, é natural que as mães fiquem com os seios mais cheios de leite, já que o organismo ainda não consegue compreender a quantidade exata de leite necessária para suprir às necessidades nutricionais daquele bebê, em específico. Nos primeiros dias, semanas ou meses, o corpo fabrica mais leite do que realmente é necessário, o que motiva muitas mulheres a continuarem amamentando. Porém, nessas situações a mulher pode desenvolver empedramentos e até mastite.

Peito não é estoque

O importante não é produzir leite em exagero, mas apenas o suficiente para suprir as necessidades nutricionais do pequeno. Quando esse período chega, o corpo irá produzir apenas o que aquele bebê precisa, sem exageros, e a partir de então os seus seios não se apresentarão mais cheios como você os tinha anteriormente. E é nesse instante, que muitas mulheres ficam angustiadas por acharem que não estão produzindo leite o suficiente para os seus bebês, que o leite está secando e acabando. Mas, este é um mito, o que está acontecendo de fato é que o seu corpo somente regulou a produção, à demanda do seu bebê.

Daí surgem inúmeras questões, principalmente: como é que o bebê vai mamar em um peito murcho, vazio? Agora sim vem a resposta de ouro! Peito não é estoque, é fábrica! Sim, o leite é fabricado no momento em que o bebê está sugando o leitinho! Muitas mulheres acham que o corpo produz e fabrica o leite materno a todo instante, e que este, fica armazenado por horas no seio. A natureza é muito mais eficiente do que isso! Aproximadamente 20% do leite é fabricado e armazenado, o restante (80%) só é fabricado na hora que o bebê começa a sugar. Mesmo que você tenha realizado a ordenha até a última gotinha de leite, e o seu pequeno tenha sugado o seu leite por muito tempo, se no mesmo instante ele optar novamente por mamar, terá leite, porque o seu corpo irá produzir conforme a demanda do seu pequeno.

Os motivos que levam algumas mães a optarem pelo complemento por acharem que não estão produzindo leite o suficiente para o seu bebê são: escassez de informação, pega errada, e indicação médica, em específico do pediatra, que muitas vezes receitam complemento sem que realmente seja necessário. O leite é produzido na quantidade que o bebê precisa, mas para que isso aconteça de maneira eficaz é necessário que coloquemos o bebê para realizar a pega correta, sem ela, há sim interferência na produção de leite e o surgimento de outras dificuldades que irão desmotivar essas mães a prosseguirem com a amamentação.

O que faz um bebê passar a sugar de forma errada?

Bicos artificiais (chupetas, mamadeiras, bicos de silicone)! Entendeu porque é tão importante evitar qualquer bico artificial? Eles atrapalham a livre demanda, interferem na forma como o bebê suga o seio da mãe e logo intervêm na produção de leite. Peito murcho significa que tem um bebê mamando muito bem! Peito murcho tem leite e os bebês sabem sugar – basta respeitar a natureza para que a amamentação aconteça naturalmente.

Peito não é estoque

FONTE: Texto idealizado pelo site GVA (Grupo Virtual de Amamentação) – “Você está amamentando e o seu peito está sempre murcho? Que maravilha!!! – Por Fernanda Rezende Silva – Revisão: Amandita Areias – Texto na íntegra: http://grupovirtualdeamamentacao.blogspot.com.br/2014/09/voce-esta-amamentando-e-seu-peito-esta.html 

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡ ℓεiค τคмвεм ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

2 Comments on Peito não é estoque: seio murcho supre as necessidades nutricionais do bebê

  1. Silvana
    dezembro 21, 2016 at 5:51 pm (5 meses ago)

    Nossa eu não sabia que o peito mucho significava isso gostei de saber é vou passar para minha amiga

  2. lorena
    janeiro 8, 2017 at 6:20 pm (5 meses ago)

    Que legal Silvana!!! Espero você mais vezes por aqui!

    Grande beijo,

    Lorena

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *