Percentil fetal: entenda como é avaliado o peso do seu bebê!

As tabelas que apresentam o percentil fetal, são realizadas de acordo com a média que se procede através do cálculo da medição, peso de embriões e fetos com a mesma idade gestacional.

Atualmente, o cálculo do peso do bebê se fundamenta na medida do fêmur, da cabeça e do abdome fetal. Outras medidas como volume de membros (braço e coxa) que empregam a tecnologia 3D, foram acrescidas. Mesmo assim, a taxa de erro é de 10%.

Ritmo de crescimento individual do bebê

Caso o seu bebê esteja a cima ou a baixo da tabela de percentil em relação a sua idade gestacional, isso não quer dizer que algo está errado com o seu desenvolvimento, a não ser que o seu médico aponte esta anormalidade.

Os bebês, ainda no útero, também expõem o seu próprio ritmo de crescimento, o que os diferem no desenvolvimento uns dos outros e, desde que não exista indicação clínica para uma investigação detalhada de alguma observação característica feita pelo médico, isso não denota que haja algum retardamento do desenvolvimento.

O que é percentil fetal?

O percentil fetal é caracterizado por uma medida estatística, que demonstra em que posição se encontra o feto em relação à distribuição “normal” de acordo com as avaliações efetivadas pelo médico, que estão previstas para aquele período.

Comumente o desenvolvimento fetal está predeterminado geneticamente, contudo, ao decorrer da gestação algumas condições podem propiciar o crescimento fetal ou restringi-lo. A mulher durante a gravidez sofre diversas modificações metabólicas e vasculares para habituar-se ao processo gestacional, com inclusão da liberação de hormônios que predispõe a diabetes. Isto reflete no aumento da glicemia para a mãe, e consequentemente em uma reserva maior de glicose para o bebê.

Lembre-se que a glicose é um monossacarídeo (açúcar simples) utilizado pelo organismo como fonte primordial de energia para o corpo, e para o bebê ainda no útero, esta glicose irá promover o ganho de peso e aumentará a secreção de insulina pelo pâncreas.

No feto, diversamente do adulto, a insulina é considerada um hormônio cuja a ação propicia o crescimento e ganho de peso. Desta maneira, o bebê da mãe diabética apresenta na maioria das vezes um peso acima do encontrado nos bebês de mães que não são diabéticas.

Avaliação do percentil fetal

É de extrema importância efetivar-se a estimativa do peso fetal de forma apropriada, pois a conduta obstétrica será realizada de acordo com a avaliação dessa estimativa.

Além disso, quando é necessário a realização do teste de tolerância oral à glicose (aquele que precisa ingerir um suco bem doce e verificar a glicemia logo após) este, pode implicar resultados falsos negativos (isto é, a paciente ser portadora da doença e o teste dar negativo). Na casualidade de um feto muito grande, e a paciente com um teste de tolerância oral à glicose negativo, um novo teste pode ser solicitado a critério do obstetra. É essencial abordar que, quando o ultrassom diz que o feto está muito grande, a probabilidade de esta afirmação estar certa é de aproximadamente 70%.

O peso do bebê é calculado em percentil (ou seja, uma escala que varia de 0 a 100). Isso significa que, se o bebê tiver o percentil 40, isso quer dizer que aproximadamente 60% dos bebês que possuem a mesma idade são maiores do que ele, enquanto 40% são menores. A alteração do percentil estimado normal é extensa, oscilando de 10 a 90. Crianças que estão abaixo do percentil 10 são apontados pequenos para a idade gestacional, enquanto os maiores de 90, são vistos como grandes.

Quando o bebê está abaixo da curva, o médico obstetra deve buscar as reais causas, com o auxílio de exames complementares. A apreensão tem razão de ser: a restrição de crescimento intra-uterino, que está vinculada a um maior risco de mortalidade perinatal, retardo no desenvolvimento cognitivo e doenças crônicas na vida adulta (hipertensão, problemas cardiovasculares e diabetes, por exemplo).

Valores de referência do percentil fetal

percentil fetal

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *