Qual o peso ideal do bebê que mama leite materno?

A maioria das mães quando estão amamentando fazem aquela velha pergunta para si mesmas “Será que meu filho engordou tudo o que tinha que engordar?”. Muitas acreditam que o leite materno não é capaz sozinho de suprir todas as necessidades nutricionais do bebê, por ouvirem alguns comentários desnecessários como “o seu leite é fraco!”, “depois de 1 ano, o leite materno vira água!”. Ao escutarem frases tão desmotivadoras, acabam não confiando na capacidade do leite materno e ficam inseguras em relação a alimentação do bebê. Por isso, vamos à pergunta: ” qual o peso ideal do bebê?”

Amamentação exclusiva

Nos primeiros seis meses, geralmente o bebê mama exclusivamente no peito da mãe, na verdade essa é a orientação, pois até essa idade o pequeno não precisa de nenhum complemento, nem mesmo água para saciar sua fome e nutrir-se. Sendo assim, quando a criança amamenta apenas no seio, o responsável pelo ganho de peso ideal do bebê é respectivamente o leite materno, e desta maneira a avaliação se dá exclusivamente por meio da mamada. Se o bebê não está ganhando peso adequadamente, isso não quer dizer que o seu leite é fraco, existem muitos outros fatores que prejudicam o sucesso da amamentação, como a pega incorreta e mamadas com horários pré-estabelecidos (de 3 em 3 horas eu vou dar o peito!), isso não é o certo.

Caso a criança esteja amamentando exclusivamente no peito e não está ganhando peso, procure se orientar quanto aos outros obstáculos que podem surgir durante o processo de aleitamento materno, não optando de imediato pela fórmula láctea, pois o leite materno é com certeza o melhor alimento que você pode ofertar para o seu bebê. A pega correta é a chave do sucesso para a amamentação, através dela vários problemas são corrigidos e um novo começo acontece para mãe e filho. O importante é: não desista!

Além disso, é importante ressaltar que a orientação sempre será a livre demanda, ou seja, deixar o bebê mamar quando quiser. Você pode ter dificuldade em compreender quando o seu filho está saciado e a mamada acabou, mas ele mesmo irá apresentar sinais simples quando isso acontecer, como ficar com o corpinho mais molinho, relaxado e bêbado de sono.

Introdução alimentar

A partir dos seis meses se inicia a introdução alimentar, ou seja, quando o bebê deixa de mamar exclusivamente leite materno e passa a conhecer e experimentar outros alimentos. Nesse momento é importante entender que, o responsável pelo ganho de peso do bebê não será o leite materno, mas sim a introdução alimentar. O aleitamento será responsável por manter a boa imunidade do neném, além do fortalecimento do vínculo afetivo. Pois, agora a amamentação estará favorecendo principalmente o lado estrutural e emocional do pequeno.

É fundamental que a partir desta idade o bebê tenha uma ótima alimentação, rica em vitaminas e nutrientes essenciais para o bom desenvolvimento e crescimento do bebê. Se ainda sim a criança não estiver ganhando peso é necessária uma avaliação médica integrando exames laboratoriais e clínicos para aprofundar a investigação sobre o motivo do pequeno não estar ganhando peso adequadamente.

Leite Artificial é a solução para o ganho de peso ideal do bebê?

Eu sei que você como mãe pode estar extremamente ansiosa e preocupada com o peso, desenvolvimento e crescimento do seu bebê, e quer uma solução imediata para engordar o neném, entretanto isso não é o correto. Antes de 1 aninho, não é indicado que o bebê faça ingestão do leite de vaca e seus derivados, pois o aparelho digestivo dele não está preparado para realizar a digestão deste tipo de proteína. Caso o bebê se alimente com leite de vaca e seus derivados antes de 1 aninho, pode ser que ele desenvolva anemia. Por isso, muita cautela!

A dieta de um bebê não é como a dieta de um adulto. Não use a fórmula láctea sem ouvir a opinião de um profissional, onde ele possa estudar o caso e ter convicção das suas orientações. Observar o ganho de peso ideal do bebê é maravilhoso, mas de nada irá adiantar se ele estiver gordinho e a saúde não vai bem.

A tabela de peso do bebê especificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é uma sugestão, já que cada bebê tem o crescimento distinto do outro, contudo se seu bebê apresenta os números muito inferior ou acima do orientado é importante que seja feita uma avaliação com orientação profissional de qualidade.

Tabela de ganho de peso do bebê

*é aceitável que alguns bebês ganhem 4-5 oz (28,35g) por semana (113 -142gramas);

**o bebê amamentando em média, duplica o peso o nascer quando tiver com 3-4 meses. Para um ano de idade, o bebê amamentado, poderá pesar 2,5 a 3 vezes o seu peso de nascimento.

Tabela do ganho de peso “SUGESTIVO” do bebê

Tabela de ganho de peso do bebê Tabela de ganho de peso do bebê

Fonte: Crescimento em crianças segundo a Organização Mundial de Padrões de Saúde, 2006, disponível em:http://www.who.int/childgrowth/en/
Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral.

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *