Seio murcho produz exatamente o que o seu bebê precisa

Muitas mães acreditam que os seios sempre estarão completamente cheios de leite como se apresentam nas primeiras semanas após o parto e o seio murcho não está suprindo as necessidades do bebê, mas isto não é verdade. Por esse motivo, sem terem conhecimento, muitas delas acreditam não estar produzindo leite o suficiente para o seu filho e iniciam juntamente ao aleitamento exclusivo, o complemento com fórmulas lácteas, ou desistem de imediato da amamentação. Porém, vale ressaltar que o fato de as mamas não estarem sempre lotadas de leite não quer dizer que você não está conseguindo suprir as necessidades nutricionais do seu bebê, muito pelo contrário, isso é perfeito!

Mamas cheias de leite

Logo que o bebê nasce, a mãe já têm as mamas cheias de leite e está pronta para amamentar o seu bebê. Neste momento os seios estão lotados de leite porque o corpo ainda não compreende qual a quantidade exata de leite que aquele bebê irá precisar. Cada pequeno é distinto do outro, e isso também implica na quantidade de leite que cada um necessita. Por esse motivo, o corpo da mãe só começa a reconhecer essa quantidade a ser produzida quando o bebê inicia a sucção no seio materno e segue com o processo de aleitamento materno, promovendo o ajuste da produção.

Seio murcho: meu leite está secando!

A ideia de que apenas quando se têm muito leite e as mamas estão completamente cheias é a única maneira de suprir as necessidades nutricionais do bebê é totalmente falsa. O leite materno é o melhor e mais completo alimento que você pode oferecer para o seu bebê. O seu organismo irá produzir a partir do 2º ou 3º mês apenas o suficiente, nem mais e nem menos do que o seu pequeno precisa. Nas primeiras semanas é normal que as suas mamas estejam cheias de leite, isso acontece porque o seu corpo ainda não conhece a demanda da criança. Mas depois que mãe e filho se encaixam com o processo de amamentação, e este processo se torna algo diário, o seu organismo já entende exatamente o quanto precisa produzir para suprir o seu bebê, e daí vem o seio murcho.

O fato de você não estar mais produzindo leite como nas primeiras semanas não quer dizer que o seu leite está acabando, muito pelo contrário, isso quer dizer que o seu corpo já está familiarizado com a quantidade exata de leite para produzir e saciar a fome do seu pequeno.

Produção de leite durante a mamada

A sucção do bebê é extremamente importante para estimular a produção de leite, tudo começa através desta sucção. Aproximadamente 80% do leite é produzido durante a mamada, isso quer dizer que quanto mais o seu bebê mamar, mais leite será produzido. Este conceito é definido por aquela velha frase “peito é fábrica, e não estoque”. Isso quer dizer que a sua mama não tem que ficar estocando leite e passando a impressão de que está exageradamente cheia para suprir a fome do seu bebê, o que ele realmente irá precisar para se alimentar será produzido também durante a mamada.

Quando as mamães não sabem disso, acabam iniciando o complemento com fórmulas lácteas sem necessidade. Então, tire essa ideia fixa da cabeça de que o seu bebê não está alimentando como deveria porque o seu peito está murcho, e simplesmente se convença de que você está produzindo exatamente o que deveria produzir para alimentar o seu filho. Parabéns!

seio murcho

Faça seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios devem ser marcados *

Comment *